Muitas vezes o segredo da boa cozinha está em truques simples que você aprende com a prática  ou com dicas de chefs e cozinheiras que compartilham suas experiências.

Pesquisando na internet encontrei dicas excelentes que devem ser colocadas no dia a dia da cozinha.

Ao escolher a tábua de corte para ter em casa, o ideal é dar preferência as de madeira. A madeira não tem propriedades antimicrobianas, mas é um dos piores ambientes para bactérias em um longo período de tempo. O material é poroso e absorve a umidade da superfície, secando a tábua mais rápido e prevenindo o crescimento de bactérias. Além disso, por ser uma superfície não tão dura, a madeira não estraga o corte da faca.

Você deve ter em casa uma tábua para cortar carnes e peixes crus, e outra para vegetais e alimentos.

Não use óleo para cozinhar o macarrão, jogar óleo na água de cozimento do macarrão não é o melhor método para deixá-lo soltinho. Além de ser ineficiente, a gordura forma uma camada em torno da massa que a impede a absorver o molho, e seu macarrão fica menos saboroso.

O segredo do macarrão soltinho é garantir que a quantidade de água usada seja suficiente para a quantidade de macarrão o ideal é usar no mínimo um litro de água para cada 100 g de macarrão.

Quando você cozinha  legumes ou prepara verduras, você corta certos pedaços e joga fora? Você sabia que muitas partes de legumes que frequentemente acabam no lixo são justamente as mais saborosas? Não esqueça que você também pagou pelos “pedaços rejeitados”.

As folhas da couve-flor,os talos da salsinha, os cabinhos do brócolis são comestíveis e gostosos.

Verifique se o vinho não está estragado cheirando a rolha, se ela tiver um cheiro de umidade, algo como papelão molhado, é sinal de que o vinho estragou.

Deixe abacates, maçãs e berinjelas de molho em água com limão para não escurecerem. Algumas frutas e legumes ficam com um aspecto escurecido após serem cortadas e não serem comidas imediatamente.O limão impede a oxidação das frutas, que é o que causa o aspecto envelhecido.

 

Comentários

comments

Powered by Facebook Comments