São tantas as opções de cortes e tratamentos para os fios que muitas vezes nos perdemos entre os nomes. Long bob, pixie, cauterização, decapagem… Saiba aqui o que significam estes e outros termos usados quando o assunto é cabelo.

Bob (ou Chanel): corte com base reta na altura da nuca, que ganhou notoriedade com Coco Chanel – e depois foi rebatizado na sua nova versão

Cauterização: técnica que devolve as proteínas perdidas por processos químicos aos fios e sela as cutículas, deixando-os mais resistentes e protegidos.

Corte desconectado: feito em mechas de diferentes comprimentos, com “degraus” bem marcados.

Corte desfiado: feito com navalha ou tesoura dentada, diminui o volume dos fios, já que é feito em camadas.

Decapagem: técnica que remove os pigmentos de colorações dos fios.

Descoloração: técnica de remoção dos pigmentos naturais dos fios.

Leave-in: creme sem enxágue usado depois da lavagem e que ajuda a desembaraçar os fios, hidratar e proteger do calor.

Long bob: corte reto com pontas desconectadas e comprimento que varia da altura do queixo até os ombros. É uma opção versátil que entrou para a modinha em 2013.

Matizar: remover a pigmentação amarelada dos fios loiros ou grisalhos, resultado do acúmulo de poluição e fatores externos. Pode ser feita em casa com xampus matizadores (aqueles em tom de roxo).

Ombré hair: efeito “sombreado”, em francês, consiste em clarear os fios em degradê, deixando a raiz com o tom natural do cabelo.

Pixie: corte curto e desconectado, também conhecido como “joãozinho”. Recentemente, ganhou notoriedade com Anne Hathaway, Jennifer Lawrence e Coco Rocha.

Queratina: proteína que compõe a estrutura dos cabelos, pele e unhas. Nos fios é responsável pela resistência e elasticidade.

Xampu antirresíduo: remove impurezas dos fios e couro cabeludo, como resíduos de produtos que acumulam ao longo do tempo deixando o cabelo pesado.

Fonte: chic.ig.com.br

 

 

Comentários

comments

Powered by Facebook Comments