Amo plantas! Elas trazem uma energia leve além de dar um toque de beleza no ambiente. Algumas plantas são ideais para colocar dentro de casa. Dá uma olhada!

Rosa de pedra

É uma suculenta, planta que armazena água nas folhas e caules, que tem o formato parecido com o de uma rosa. É muito usada para fazer arranjos em vasos com outras suculentas e cactos. Deve ser regada apenas uma vez por semana, pois a umidade pode apodrecer suas raízes. Não tolera muito sol.

Minicactos

Esses minicactos são ótimos para compor arranjos. Ao contrário dos cactos grandes, eles não devem ser expostos à luz direta do sol e ficam melhor em ambientes internos bem iluminados. Para saber quando regar, verifique se a terra está seca – em geral as regas são semanais.

Palmeira Chamaedórea

A palmeira chamaedorea fica bem em vasos e não passa dos dois metros de altura. É muito fácil de cuidar: gosta de ambientes úmidos e longe da luz direta do sol. A rega tem que ser frequente, para manter a terra sempre úmida.

Palmeira Ráfis

Com múltiplos caules semelhantes ao bambu, a Ráfis cresce ereta como suas folhas plissadas próximas. Fica bem em todo tipo de iluminação. É importante regá-la com frequência sem encharcar seu substrato.

Lança de São Jorge

Com folhas cilíndricas e verticais, a Lança de São Jorge tem um visual bem ornamental. Por ser uma planta muito resistente, pode ser usada nas mais variadas composições. Deve ser regada a cada 15 dias, sem molhar as folhas, e mantida à meia-sombra.

Lírios da paz

Esta é uma das poucas plantas que florescem na sombra. Se seu jardim é sombreado, mas com bastante claridade, abuse desta espécie. O sol direto queima suas folhas! Mantenha-a sempre adubada e seu solo úmido.

Begônia

Ideais para decoração de interiores em vasos, as begônias parecem verdadeiros buquês de flores. Suas folhas também são um atrativo: tem formas variadas e, no geral, são coloridas. O cultivo deve ser feito em substrato bem fértil, em ambientes protegidos da luz do sol, da friagem e do vento. A rega deve ser feita sem molhar as folhas.

Bromélia

Sua inflorescência em tons vermelhos contrastando com o verde escuro das folhas torna a Bromélia uma das flores mais decorativas para ambientes internos. O sol direto queima suas folhas, por isso deve receber apenas claridade indireta. É plantada em substrato para epífitas. Deve ser regada a cada dois dias, limpando-se o seu centro para evitar proliferação de mosquitos.

Fonte: Mdemulher.com.br

 

Comentários

comments

Powered by Facebook Comments