Entenda o que acontece com a planta no período da dormência e saiba o que fazer para acordá-la quando estiver na época de ela florir novamente.

A maioria das orquídeas entra em dormência por um período que pode durar de umas semanas a alguns meses. Como nessa fase ela fica “paradona”, muita gente acha que a planta morreu e joga fora o vaso – não faça isso com sua orquídea! De fato, não são todas as espécies que entram em dormência, mas as que o fazem usam essa tática para poupar nutrientes, já que “torraram” tudo o que tinham durante a floração. Passado o período de dormência, a planta volta a emitir brotos e raízes novas e precisa de muita “comida”, ou seja, de adubo. Durante todo o período em que ela estiver dormindo, o único cuidado é diminuir um pouquinho as regas e a adubação, para evitar doenças e o ataque de pragas. A orquídea nos avisa quando “acordou”: isso acontece quando começam a surgir raízes e brotos novos, época em que devemos retomar as regas e a adubação regular. Quando as flores estiverem abertas, suspendemos a adubação e só mantemos as regas. Acabada a floração, a orquídea entra em dormência outra vez e o ciclo se repete.

Matéria plublicada originalmente no portal Mimas Plantas

Comentários

comments

Powered by Facebook Comments